"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...Ou toca, ou não toca." - Clarice Lispector

Por aqui passam

domingo, 20 de junho de 2010

“*Carpe Diem”


Seja você
Sinta você
Não tenha medo
Não tenha vergonha
Coloque os seus sentimentos para fora
Grite o mais alto que puder

Carpe Diem
Carpe Diem

Sinta o vento
Seja o vento
Voe vento
Voe com o vento
Vá para as nuvens
Sinta a chuva
Seja a chuva
Molhe o chão de terra

Carpe Diem
Carpe Diem

Exale seu perfume
Exale sua essência
Sem medo
Seja você
Sinta você

Carpe Diem
Carpe Diem

Grite
Coloque para fora o seu verdadeiro “eu”
Sem vergonha
Sem pudores
Cresça
Apareça
Lute
Busque seus sonhos
Nada é impossível

Carpe Diem
Carpe Diem

Feche os olhos
E grite o que sente
Deixe suas imaginações se libertarem do escuro de sua alma
Seja você
Sinta você

Carpe Diem
Carpe Diem

Grite
Fale sobre o amor
Sinta o amor
Receba o amor
Doe o amor
Seja o amor

Carpe Diem
Carpe Diem

Grite
Grite e chore
Chore por amor
Sofra por amor
Sorria por amor
Seja feliz por amor
Viva
Com intensidade
Apenas viva
Não tenha medo de sentir o amor
Não tenha medo de ter um amor
Não tenha medo da vida
Não tenha medo de viver sua vida

Carpe Diem
Carpe Diem

Entregue-se ao amor
Entregue-se a vida
Tenha uma vida
Tenha um amor
Tenha sonhos
Acredite
Sim...Acredite na vida
Sim...Acredite no amor
Tudo é possível

Ouça a musica
A musica de sua alma
A musica que fala sobre o amor
Sobre o amor que sente
Carpe Diem
Carpe Diem

Seja eterno (a)
Seja feliz
Seja você
Não tenha vergonha
Feche os olhos
E solte sua imaginação
Exale seu perfume
Exale sua essência
Seja você
Sinta você
Pelo menos uma vez

“* Carpe Diem – Aproveite o dia”

2 comentários:

  1. gostei :)
    muito obrigada pelas palavras e pela força *

    ResponderExcluir
  2. Bah...A vida é assim e vamos nos dando força sempre....

    ResponderExcluir